Consequências Pós-Prova EPIC5: Perda de Peso

Depois de terminar o EPIC5, depois de celebrar, demorei alguns dias até tomar consciência total do feito.

Não se tratou apenas do facto de ter chegado ao fim em menos tempo que qualquer outro atleta, foi por tê-lo feito mantendo a minha postura de sempre, sendo leal aos meus princípios e disciplinado perante as minhas próprias regras, correcto para com todos os outros e humilde na minha necessidade de aprender com todos.
É assim que eu estou no desporto (é assim que eu estou na vida!).

Mas esta dura prova teve, para além da enorme sensação de superação e correspondente alegria, algumas e “mazelas” que quero partilhar.

O mais visível sintoma do desgaste físico sofrido durante o EPIC5 foi a esperada perda de peso ao fim dos 5 dias.

Todos os dias perdia algum peso, principalmente devido à perda de líquidos, perda essa que era parcialmente reposta durante o período de alimentação e descanso pós-prova no final de cada dia. No total dos cinco dias de prova consegui limitar a perda de “apenas” 4,7kgs.
Foi uma perda que tentámos controlar ao máximo e que sabemos se concentrou na perda de massa muscular, pelo seu necessário uso e desgaste em esforço. Até porque também só já tinha 8% massa gorda no início da prova (logo não tinha muito para gastar por aqui).

Após algumas semanas de “férias”, boa-vida e muitos festejos, o peso perdido estava reposto e até (infelizmente) ultrapassado.
Agora vai-me custar recomeçar…

José Massuça

Partilha