Último dia do EPIC 5: o dia da vitória!

5 de 5: o último dia do EPIC5!

O último dia de prova começou de forma atribulada.

Apenas 2 atletas conseguiram apanhar o voo planeado de Maui para Big Island. Isto originou alguma confusão e resultou no início tardio da prova. Já passava das 11h da manhã quando começou a natação no mítico Kailua Pier. Este segmento correu muito bem: de todos os atletas em prova, fui o primeiro a sair da água!

Início da natação último dia EPIC5
Depois disto, tentámos uma transição rápida, com muita hidratação e proteção solar para preparar os 180km sob um sol abrasador. Apesar disso, todos os quilómetros percorridos com luz do dia são preciosos. 

O segmento de bicicleta foi duríssimo, numa paisagem inóspita e com trânsito muito rápido.

Foram horas complicadas: o calor, o cansaço acumulado das provas anteriores e as escassas 2 horas de sono dificultaram a tarefa, que não se avizinhava fácil. Os atletas que entretanto tinham desistido estiveram presentes durante o percurso deste último dia de prova para dar força aos 4 que ainda resistiam.

Prova e equipa último dia

Na chegada à segunda transição era noite cerrada. Apenas 42km me separavam da meta, daquela que seria a última do EPIC5.

O percurso da corrida foi também semelhante ao do World Ironman Championship que se realiza nesta ilha. Muitas colinas, subidas íngremes e bermas estreitas que exigiram todas as minhas forças. A equipa e o meu treinador (ao telefone) foram peças fundamentais, por nunca me deixarem desanimar. Fizeram-me acreditar que apesar da exaustão, das dores, do desconforto era o candidato mais forte àquela altura em prova.

Já a chegar à meta, a correr, o avanço face ao segundo classificado era considerável. Foi aí que me apercebi que o resultado era muito melhor do que alguma vez tinha sonhado. Foi brutal! Um momento que nunca mais esquecerei e que é dificil pôr em palavras. Uma torrente de emoções que pude partilhar com a equipa que me acompanhou e que, a cada dia que passava, me mostravam o orgulho que sentiam.

 

Participantes EPIC 5

O EPIC5 não é uma corrida mas sim um desafio.

É encarado como tal pela organização e pelos atletas, e isso significa que os tempos totais de cada atleta são apenas partilhados com o próprio e com a Federação Americana de Triatlo. Ser finisher é o verdadeiro objetivo! A classificação de cada atleta transparece apenas na ordem pela qual são chamados ao palco na cerimónia de entrega dos troféus no final do último dia de prova. É esse o espírito! Por isso, e apesar de ter sido o primeiro a ser chamado, o objetivo era conseguir superar este que considero ser o maior desafio de todos do triatlo.

Vencedor EPIC 5 último dia

Agradeço, mais uma vez, o apoio que senti em todos os passos do caminho até este destino final. Tão importante como a força de vontade, é sentir este apoio de todos!

Obrigado!

Agora é altura de comemorar e de descansar.

 

Até já,

José Massuça

Partilha